Pesquisa Personalizada Google

Ouça Estudos de Temas Bíblicos Agora:

Pesquisa Personalizada Google

segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Exemplo Brasileiro

Como o Brasil, Grã-Bretanha usará fotos contra o fumo:


A exemplo do que aconteceu no Brasil e no Canadá, uma legislação publicada na Grã-Bretanha, nesta quarta-feira, prevê o uso de imagens que mostram os efeitos maléficos do tabaco para desestimular o hábito de fumar.
De acordo com as novas regras, todos os maços de cigarro deverão ser produzidos com as fotos a partir de outubro do ano que vem.
No caso das embalagens de produtos com tabaco, a medida deverá ser aplicada até 30 de setembro de 2009.
Um total de 15 imagens foram escolhidas para a campanha após uma consulta popular. Entre elas, está uma foto que mostra dois pulmões lado a lado, um sadio e o outro de um fumante, com manchas escuras causadas pelo tabaco.


Estímulo:
O ministro da Saúde britânico, Alan Johnson, disse à BBC que já há evidências em outros países de que a divulgação de imagens pode ajudar as pessoas a largarem o vício.
"Nós acreditamos que a iniciativa vai ajudar várias pessoas que querem deixar de fumar. A vasta maioria dos fumantes quer largar o vício e essa idéia vai representar um estímulo a mais", avaliou Johnson.
"Fumar pode causar uma morte lenta e dolorosa", diz o cartaz
A nova legislação foi publicada dois meses depois de a Inglaterra ter proibido o uso do tabaco no interior de prédios públicos, bares e restaurantes.
O governo britânico já havia prometido usar imagens na campanha contra o tabaco em 2004 e, nos últimos anos, a Comissão Européia vem pressionando os países-membros a adotarem a medida.


"Vitimização"
Com a nova legislação, a Grã-Bretanha deve ser o primeiro país europeu a divulgar as imagens em todas as embalagens de produtos de tabaco.
Autoridades de saúde avaliam que a estratégia atual de trazer apenas dizeres contra o fumo nas embalagens se tornou ineficiente.
O porta-voz do grupo britânico de lobby pró-fumantes Forest, Neil Rafferty, descreveu a iniciativa como a "vitimização" dos fumantes.
"Poderia-se usar o mesmo argumento para divulgar imagens em garrafas de bebidas alcoólicas, mas como a maioria das pessoas gosta de beber álcool, o governo não quer ofendê-las", argumenta.
No Brasil, os maços de cigarro vêm carregando fotos para desestimular o tabagismo desde fevereiro de 2002.

Nenhum comentário:

Pesquisa Google