Pesquisa Personalizada Google

Precisando de Ajuda?

Pesquisa Personalizada Google

terça-feira, 29 de agosto de 2017

Em 30 anos, um ex-fumante pode economizar até R$ 1 milhão - 29 de Agosto

Hoje, 29 de agosto, é o Dia Nacional de Combate ao Fumo. Além dos benefícios à saúde, parar de fumar um maço de cigarro por dia, economizar e investir pode gerar reserva de mais de R$ 1 milhão (R$ 1.028.274,92) em 30 anos. 
A conta é simples, se um maço custa em torno de R$ 8, um fumante que consome um maço de cigarro por dia gastará a mais, por mês, R$ 240. Ou seja, além de perder dinheiro, ainda pode perder a vida. [Fonte: DC]

Veja Mais Matérias Aqui!!!

29 de Agosto - Dia Nacional de Combate ao Tabagismo

Nunca é demais lembrar os malefícios que o cigarro provoca à saúde e esta terça-feira (29/08) é o Dia Nacional de Combate ao Fumo. Justamente para lembrar a população sobre os prejuízos que o hábito de fumar provoca a todos.

Neste dia 29 de agosto, o Ministério da Saúde vai divulgar novos dados sobre fumantes passivos. 

Segundo a pasta, em 2015, 8% das pessoas que trabalhavam eram fumantes passivas. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) este hábito involuntário é a terceira maior causa de morte evitável, perde apenas para o tabagismo ativo e para o consumo excessivo de álcool. 

O cigarro é uma das principais causas de várias doenças, entre elas câncer de pulmão, infarto e enfisema pulmonar. Mas mesmo com tantos prejuízos a saúde, mais de 10% da população brasileira acima de 18 anos ainda fuma. 

José Helder, arquiteto, de 46 anos, experimentou o cigarro com 18 anos e manteve o vício por 21 anos. Com medo das consequências que o hábito poderia provocar no futuro, ele decidiu parar com o cigarro aos 39 anos. Hoje, ele sente-se muito melhor em vários aspectos da vida. 

“O que mudou foi a percepção do cheiro, principalmente, a disposição para acordar cedo melhorou bastante, o sono melhorou bastante inclusive. Todo dia, eu acho bom ter consegui parar de fumar.” 

Otaviano de Castro, publicitário, de 50 anos, é outro ex-fumante que ganhou muito mais saúde, após parar com o vício. O cigarro entrou na vida dele quando tinha 14 anos, pois seu pai fumava. Ele conta como se sentia na época que mantinha o hábito de fumar. 

“Quando eu fumava muito, no dia seguinte eu estava mais fraco, o pulmão estava mais carregado, as vezes tinha crise de asma. Fumar foi a coisa mais burra que eu já fiz na vida!”. 

Para as pessoas que ficaram animadas com os bons exemplos dos ex-fumantes, existe um site para mostrar as vantagens financeiras e na saúde de parar com o cigarro que é o www.eseeuparardefumar.com.br

Pesquisa Google