Pesquisa Personalizada Google

Ouça Estudos de Temas Bíblicos Agora:

Pesquisa Personalizada Google

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Efeitos do Cigarro na Pele

Que o cigarro faz mal para a saúde, todo mundo sabe. Mas e a pele do fumante, como fica? No Bem Estar desta quinta-feira (4/9/14), a dermatologista Márcia Purceli alertou que o fumo pode deixar a pele mais envelhecida e, em pouco tempo, causar diversas outras alterações e problemas,  principalmente no rosto.

Segundo a médica, além do envelhecimento precoce, o cigarro pode também causar rugas, manchas, opacidade e até alteração de cor. O rosto do fumante pode ficar com vincos, linhas nos cantos do olho e ao redor dos lábios, ossos ressaltados, lábios arroxeados e bochechas aprofundadas, além de ficar sem brilho e rubor. No entanto, apesar de o rosto ser a região mais prejudicada, o fumo pode também afetar a pele de todo o corpo.
O programa fez uma comparação com o rosto da apresentadora Mariana Ferrão, para mostrar todas essas alterações que o cigarro pode provocar. 

Isso acontece porque as substâncias tóxicas do cigarro são muito agressivas - são mais de 4 mil, como explicou a cardiologista Jaqueline Issa. Segundo a médica, os danos são tantos que a cada 10 pessoas que fumam, 5 morrem por causa do cigarro - nos homens, a expectativa de vida pode diminuir em 10 anos e, nas mulheres, em 14 anos.
O problema é que muita gente só resolve parar quando tem algum problema, como um infarto, por exemplo, e isso não é o ideal - a médica alerta que o tabagismo é uma doença que precisa ser tratada o quanto antes. Quando o paciente faz o tratamento e finalmente para, os benefícios já podem começar a aparecer. A melhora da pele, no entanto, não é tão imediata, mas em um mês já é possível notar as diferenças e a pele pode voltar a ficar mais rosada e saudável.




Nenhum comentário:

Pesquisa Google